MENU

02/06/2024 às 23h00min - Atualizada em 03/06/2024 às 00h00min

STF não julga legalidade do aborto, mas abuso de poder do CFM, reforça Moraes a interlocutores

Ação entrou em julgamento no plenário virtual da corte na sexta (31); Mendonça divergiu e votou pela manutenção de resolução que restringia procedimento acima de 22 semanas

https://feeds.folha.uol.com.br/poder/rss091.xml
https://redir.folha.com.br/redir/online/poder/rss091/*https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2024/06/stf-nao-julga-legalidade-do-aborto-mas-abuso-de-poder-do-cfm-reforca-moraes-a-interlocutores.shtml

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes afirmou, em conversas com interlocutores, que não deliberou sobre a constitucionalidade do aborto ao suspender uma resolução do CFM (Conselho Federal de Medicina) sobre o tema -e sinalizou que a corte tampouco deverá fazê-lo ao analisar o caso em plenário.
Leia mais (06/02/2024 - 23h00)

Folha de São Paulo



Fonte: https://redir.folha.com.br/redir/online/poder/rss091/*https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2024/06/stf-nao-julga-legalidade-do-aborto-mas-abuso-de-poder-do-cfm-reforca-moraes-a-interlocutores.shtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://gazetadobrasil.com.br/.